Pages

sábado, 18 de junho de 2011

Quanto a mim?
Continuarei calada e fria e nunca terei medo da verdade. É sempre melhor não adiar o que tem de se dizer. Eu sinto muito por você

0 comentários:

Postar um comentário